OBRAS

Séries:

Série Jardins

Quando pensamos em jardins surgem imagens de flores e folhagens inseridas em um espaço pré-determinado pensado a partir de regras e critérios preestabelecidos. A vegetação não é espontânea e sim cultivada.

Quando traço linhas construindo um fundo com formas geométricas penso nesta concepção de geografia demarcada. E sobre este fundo construo folhas e flores.

Não tenho compromisso com a realidade formal da representação fiel e exata da Natureza. É um jardim imaginado, simples, que nos remete à infância e que está ligado a tudo que é efêmero e transitório e que simboliza a pureza descompromissada.

Clique nos quadros para mais detalhes e imagem de alta resoluçao